Search
Close this search box.

Seu YouTube está lento com AdBlock? Dessa vez a culpa não é do Google

Usuários do YouTube que utilizam o bloqueador de anúncios AdBlock têm relatado lentidão na plataforma, mesmo aqueles que pagam pelo serviço Premium. A primeira suspeita foi que o Google, que em novembro reduziu a performance do YouTube para usuários do AdBlock, fosse o responsável pelo problema. No entanto, a big tech se posicionou afirmando que não tinha nenhuma relação com a queda de desempenho.

Os primeiros relatos do caso surgiram no fim de semana em uma postagem no Reddit, e o Tecnoblog também recebeu reclamações de usuários do AdBlock. Mesmo com o AdBlock desativado, a lentidão na plataforma persistia. O problema foi atribuído a um bug no bloqueador de anúncios AdBlock, que afeta a performance do YouTube.

Bug no AdBlock e AdBlock Plus causa lentidão no YouTube

A última atualização do AdBlock, incluindo sua versão paga, trouxe um script problemático que gerou lentidão no YouTube e em outros sites. De acordo com Raymond Hill, desenvolvedor do uBlock Origin, concorrente do AdBlock, o culpado pelo problema de desempenho no YouTube é o próprio bloqueador. Hill explicou que o novo script no AdBlock estava levando muito tempo para rodar e que esse script problemático também gerava queda de performance em outros sites.

Embora o bloqueador seja usado majoritariamente para o YouTube, as pessoas não devem ter notado a lentidão em outras páginas. Respondendo a usuários que reclamaram da lentidão ao acessar o YouTube com bloqueador de anúncios, um integrante da equipe de desenvolvedores do AdBlock reconheceu a existência do bug e afirmou que o problema está sendo corrigido, mas não definiu um prazo para a disponibilidade da solução.

A tabela abaixo resume as informações sobre o bug no AdBlock e AdBlock Plus que causa lentidão no YouTube:

Informação Descrição
Causa do problema Última atualização do AdBlock
Outros sites afetados Sim
Script problemático Novo script no AdBlock
Desenvolvedor que apontou a causa Raymond Hill, desenvolvedor do uBlock Origin
Reconhecimento da equipe do AdBlock Sim
Prazo para correção Não definido

YouTube na guerra contra AdBlock

Em outubro, o YouTube começou a impedir a execução de vídeos de usuários que estivessem usando bloqueadores de anúncio. Essa medida foi implementada como parte das estratégias da empresa para forçar os usuários a largar essas extensões. Recentemente, a plataforma causou lentidão para os usuários que possuíam um bloqueador instalado. O Google confirmou que esses usuários teriam um desempenho “abaixo do ideal” na plataforma.

Essa ação do YouTube é uma forma de combater o uso de bloqueadores de anúncios, que afetam a receita gerada pelos anúncios exibidos na plataforma. Além disso, a plataforma incentiva os usuários a assinarem o YouTube Premium, que oferece uma experiência livre de anúncios.

No entanto, a medida pode afetar negativamente a experiência do usuário, especialmente aqueles que utilizam bloqueadores de anúncios por motivos de segurança e privacidade. Ainda não se sabe se o YouTube continuará a tomar medidas para combater o uso de bloqueadores de anúncios na plataforma.

Foto de NordWood Themes na Unsplash

Vinicius Junior

Vinicius Junior

Entusiasta da comunicação, Vinicius é Analista de TI e colaborador na revisão dos artigos deste blog, os quais são gerados por IA.